AÇÃO SOCIAL: UGOPOCI entrega mochilas a crianças participantes do Programa Investigador Mirim

Nelma Félix entrega material didático aos alunos do PIM

A vice-presidente da União Goiana dos Policiais Civis (UGOPOCI), Nelma Félix, participou nesta sexta-feira (14/02) de entrega de material aos alunos participantes do Programa Investigador Mirim – PIM – desenvolvido pela Escola Superior da Polícia Civil do Estado de Goiás (ESPC/GO). O evento ocorreu no auditório da ESPC, no Jardim Bela Vista, em Goiânia, e contou com a participação do diretor-geral da Escola, Delegado de Polícia Eraldo José Augusco. Os materiais foram entregues aos pais e responsáveis pelas crianças.

Nelma discursa em evento do PIM

De acordo com Nelma Félix, a UGOPOCI é parceira do projeto, que atende crianças de 8 a 11 anos e é resultado da mobilização de colaboradores da Polícia Civil do Estado de Goiás que desejam contribuir com a sociedade, oferecendo uma formação mais justa e solidária a cada criança envolvida no Programa.

“Fornecemos 50 mochilas aos novos alunos, como uma forma de incentivo a esse projeto de natureza social e educacional”, comentou.

Também participou do evento a coordenadora do PIM, Jurema Martins Telho, a qual destaca que um dos objetivos da ação desenvolvida é estreitar os laços entre a Polícia Civil, a escola e a família.

O PIM é coordenado pela Analista-chefe Jurema Martins Telho e os professores e monitores são servidores do quadro da Polícia Civil do Estado de Goiás, que prestam esse trabalho sem prejuízo das suas atribuições habituais. Os alunos são recebidos na ESPC às segundas, quartas e sextas-feiras, no período matutino (e agora vespertino), totalizando 244 horas-aula por semestre e 488 horas-aula por ano.

Pais acompanham a solenidade de abertura do Programa Investigador Mirim

O Programa Investigador Mirim foi criado pelo Decreto de Lei nº 19.864, datado de 11 de outubro de 2017, e atende 35 meninos e meninas de 8 a 11 anos em aulas que complementam a formação que eles recebem na escola. O PIM realiza suas atividades com crianças em situação de vulnerabilidade, em escolas públicas, duas vezes por semana, entre as 7h30 e 11h30, durante todo o ano letivo. As aulas são realizadas nas dependências da Escola Superior da Polícia Civil e ministradas por Policiais Civil Voluntários.

Os alunos aprendem conteúdos e práticas nos eixos de abordagem educacional, psicomotor, operacional e transversal, abordando reforço escolar, atividades desportivas, educação artística, ética e cidadania e educação psicológica. Os alunos recebem também aulas de operações especial, investigação, educação ambiental e para o trânsito, além de prevenção ao uso de drogas, bullying e internet, Educação Alimentar, Financeira e em Segurança, entre outras áreas.

(Texto: Assessoria de Comunicação da UGOPOCI)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *