Associados aprovam contas da UGOPOCI

Atendendo determinação prevista no Estatuto da entidade, foi realizada na manhã desta segunda-feira, 25/02, Assembleia Geral Ordinária para Prestação de Contas da Atual Diretoria da União Goiana dos Policiais Civis (UGOPOCI). Além da prestação de contas de fim de mandato deste último triênio, outros assuntos definidos previamente foram discutidos, como autorização para execução de Ação de Adicional Noturno que transitou em julgado; aposentadoria especial dos policiais civis; e autorização para fazer uma ação entre sócios por semestre, visando continuar o pagamento com deságio do Auxílio Inatividade.

A Assembleia foi aberta pelo presidente da UGOPOCI, José Virgílio, que abordou pontos da prestação de contas de sua gestão, destacando o esforço para conseguir pagar todos os Auxílios Funeral e diminuir a fila para recebimento do Auxílio Inatividade. Ele também mencionou a construção da sede Campestre da UGOPOCI em Aruanã, obra que agregou grande valor financeiro ao patrimônio da entidade.

O diretor de Finanças, Estevam de Freitas Júnior, lembrou da importância da prestação de contas para os sindicatos e associações, observando que isso é feito anualmente e que qualquer associado tem acesso a todos os documentos constantes da prestação de contas.“Qualquer um, em qualquer época, pode acessar a prestação de contas”, frisou Estevam, se colocando à disposição para esclarecer qualquer dúvida.

José Virgílio salientou que a atual Diretoria conseguiu, com muito esforço, colocar a casa em ordem e manter os compromissos em dia. O presidente fez uma prestação de contas das ações realizadas na área jurídica em defesa dos associados, enumerando ações de várias naturezas, além de incontáveis reuniões com a Procuradoria Geral do Estado e Delegado Geral para garantir os direitos dos policiais civis.

Os associados presentes, convocados por meio da página da UGOPOCI na internet e também por edital publicado em jornais, aprovaram em votação as contas apresentadas e também decidiram favoravelmente à realização semestral da Ação entre Associados, visando arrecadar recursos para pagar Auxílio Inatividade de gestões anteriores e adquirir prêmios para sortear aos participantes. “A prestação de contas é fundamental para dar transparência à gestão e a Assembleia é um momento muito importante para definirmos o futuro e o rumo da nossa querida UGOPOCI”, sublinhou José Virgílio.

No final da Assembleia, foram esclarecidos pontos específicos sobre ações jurídicas que tramitam na Justiça em defesa dos associados, especialmente a execução da sentença relativa ao reconhecimento do direito do adicional noturno aos policiais civis plantonistas. Levantamento feito pelo Departamento Jurídico da UGOPOCI chegou ao total de 3.318 ações ajuizadas em defesa dos associados no período entre os anos de 2016 e 2019.

Confira as fotos da assembleia

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *