Claúdio Gonçalves Dias – Carral

Profissão: Agente de Polícia do Estado de Goiás<

O FATO

O Agente de Polícia Civil Claudio Gonçalves Dias, conhecido por Carral, lotado na Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores, DERFRVA, foi covardemente assassinado na tarde do dia 05 de novembro de 2013. ele estava em frente ao Hospital dos Rins, localizado próximo ao Lago das Rosas, quando foi atingido. O Policial foi atendido no próprio Hospital e encaminhado para o Hospital de Urgência de Goiânia (HUGO), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No mesmo dia do crime, operaçõo policial foi deflagrada para localizar e prender os autores deste bárbaro assassinato. Durante a noite deste mesmo dia, policiais civis já tinham a qualificação completa dos autores do homicídio contra Carral.

Na tarde de quinta-feira, dia 07 de novembro, Jefferson Diego Gaspar de Melo, de 25 anos, conhecido como Dieguinho, um dos autores do crime, se entregou na sede do Ministério Público de Goiás (MPGO) e foi levado para a Casa de Prisão Provisória (CPP). Ele está preso preventivamente e o mandado de prisão expedido pela justiça foi cumprido na ocasião de sua entrega. Jefferson Diego, que é natural de Senador Canedo, confessou em depoimento alguns delitos, entre eles o de que foi ele quem disparou contra o policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *