Delegado do caso Marielle é afastado e substituto conduzirá segunda etapa da investigação

Responsável pela condução das investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, o delegado Giniton Lages será afastado da condução do caso. As informações foram divulgadas na manhã desta quarta-feira, 13, pelo jornal O Globo.

O próximo passo será indicar um novo substituto para conduzir a segunda etapa das investigações. Ainda não se sabe quem irá assumir. O nome será indicado pelo delegado Marcus Vinícius Braga da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Relembre o caso

O crime ocorreu há poucos quilômetros de distância da casa de Marielle. Treze disparos foram realizados contra o carro da vereadora, um chevrolet Agile. Quatro deles, atingiram a cabeça de Marielle e três as costas de Anderson que conduzia o veículo. Ambos morreram no local.

A Operação Lume cumpre mandados de busca e apreensão em diversos pontos do Rio de Janeiro. Agentes buscam na última terça-feira, 12, por documentos, equipamentos eletrônicos, armas e outros objetos na casa de suspeitos apontados pela investigação.

Fonte: Jornal Opção



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *