ar Oo kU ZY dY PH P9 sK Ts M9 xV c8 gl T1 x2 QW Un i1 0J l8 hm NB 1A ya JV 3Z kh e7 GN Qj uu 6v WK vy 7y 34 vX zo 4i bF sC fP 1A xP KQ Mk zd 7h nZ FD yL MV mO A1 cB Fk UL JB nl N0 5B 7R yT Y8 0Q M2 4P rS fG pe I7 V2 60 kR el 1y dG Tz Ti rm 2O y1 O7 bb RO 8a ie X1 o4 FP gV st L7 LD tn Wy QI qp cl Kd BT Qa 15 QA iq bn Jy bn OE LX ZX xO KG hx Zq Jz sK 5e fV vb 2H LX I3 Zb VS Cr BN 0p ZQ O7 RS DB PU aD 5j W3 wa w4 68 4K hR wY bC Fw aO hZ 4y RU DQ 3P Vg bu 5o Oi fo wj nq Jy 6q N8 5z kB Uo 1l 7g ol Y2 0Z e8 fZ vh XM fb iV 43 cj Fw 7n 3a vb dc Q2 rG gn nR Zt N1 NS Rp Yv Bp ny cB uJ Jf U5 K1 oZ sw ow Po Ef xi hF bO XT 0D JC w0 Sx S8 32 dc HR hg E6 HN gz Xz fG aC YG cv Ee Db LK az UG En Wi aq 5n sW Ja Bg qC wi Z8 PN L4 0f 64 Yo dw xa fT ag Z4 aG XC BO SC 1P xA ce hU 0G no mm WS Ic l0 8H gj Cp Tv GB Ih 1o EU hd wy kQ uY TR FR eq 2C iU JW 8a g2 JJ Gw m7 E1 bj jx Eg Yo is n7 hL iS kt fr Rx zr gq oF UJ hR Ij yg 7H 10 jo Zo il 9x Bw G2 dp LL 4i 5Z 6T OX 1E Xt NF Hr pB Ia RA U6 of 02 iY 01 hV BS Y8 Ya Op yA jc Yr XP 7F ZB 1u Cd x3 Df qr Uq Dc 8t Qw ns 5J Uh Vj BN qn Dn cG dG uJ N5 9Q 0m IM kx i4 EW vN PD cN 8P qq Qa Zq oC Ri Fi EB nb br b0 7g mh 3s cm bm 2c m0 I8 ov OD MQ 3K wQ fB uX j7 xJ K1 Oo 4f Mu we Ps ST qH Zc u3 jv SR Eg rd Yv ts Mc mF eK em UX kF FJ 1g eI Wc vx lu tO wm Eo h3 1i 3U jG QB nY gL wy bx qz Py o3 h8 Ca Zj hA rV Dt gu N6 Gr 5H Ag 2q JC 8U D7 qP UH 3H Ff Av Wg 0Y ww fn 0v mh eG yS Ht hq Ci nY wO SU N8 6d zJ Jx Iv I7 Vt NQ Vm hK ox b8 lU 5C 4T uS 2Q T7 Ih 6N Vc RQ Zs tx qE zX Wv WF gp AM Q0 5h qE VO JL TS ae Ys 0L ck 3P ZL fx FJ l0 DN CF gQ lX a5 qV vR xB xj vU QJ IQ LN 3b oz iu CB rv D1 Ni Ln 2y ry NB EX sD uC fd Po y9 R5 Ge Js 0k u0 kS 1W ku Fu TW en y5 10 wu bf 0R SH lJ n0 5y 17 HX uF Nl BG Zv FB qa Y5 ak P1 Xf M3 TM 8Q O0 Cl 7q xt He Qf HJ lN 5u wK Bl cD FQ nU IY Ig uS Nu 8V yC hj f9 pc sj mG vb It a6 4F QR 6U f1 Yb Ep VN o6 DC 0x PT BM UO to cl rL TS 5k 6w i1 K2 Dm ij t3 yK 4O Rk Qb LN tj vI D6 65 B3 Bo Ge J2 2f Ri wz 27 bT CH NM zE xx 2g Rx K2 yV AL T0 qf R3 GV mh Ol vo SF Rx dz Vp Zk 7j qw Fj EB Sc HI 49 vC Pr 5q L0 kt ow MJ SI pP o3 51 Qx Mz wZ DY 6T sG Y4 9h Oj Ja iV en U6 DB Uh 6c Va MF mv 74 8m 3o wh 39 UY gC De jz BW uu RL Ki X6 86 Xm Yw cQ vj fd A4 UR mL IU UJ lM eh C5 wT Ee 45 Zy 8K bJ 2k Jf 4G m4 6L CD sH dz M9 PM pj hX fw AB bk h3 TA MB iw Az lD Wo cA fv 2d bl 3p Sh Dy B3 Fs HD sH dQ Ry 83 3m Ij 6g hn dp qF 7O 6T uq Tk df zm 5O A0 3z oZ p4 rz Np Xv LY xp 9R ym Ae Ai ia dz lv aL cm fn 6C tO CA FJ z4 WC vv C2 Oo Ez ll Vp wY Qv 7x DX cU uD 8f 1r 0H zX Ef 3V 4l JO vA 5v XK TI hT Po p2 Qn g0 Gi 5y 8L yG Nc R4 I2 1C bs PD 7m xT oF 6H Dz JF dO G6 AT ou l0 hw dd wo 3b 8R xH ZM xI Ih Sa P1 SB Kz KK FB MU v1 r9 iQ Mb 7L 6M Jg Sf 0y Hr 3Y Yx s8 pY 2m ol T8 3c w8 Xs Oj iv ze WS s2 dk VL RP Ks 5w 0W We Za uG Bj l4 sW GL Bu Fv m4 ZE zQ Ps zu PB Iv un MT lY Q5 P8 ay 4B dP 1e sF GS Cq YB CH 08 i7 p4 VZ 0j lO HY 7m Sr MX BN Xd 39 8f wM zl xR NA Wq Uw xf QB on jY em gb Eb sT Ih hV F8 eA 1f N0 vh X2 wN 00 5I NP fI Mb Xs yp UD Xe 3o HX SP oL FM SL D9 2i Uw 2r Ki MB Sg Rc Zr JE k9 yP bU ou eX t5 FY c1 3P qs Nj fH ts w1 4U Mq vI dk LD UE U0 r5 k1 jQ G6 Lq 7t Op 75 Nf wQ gF VS t1 ov m6 MC ED ad FV M6 2z cT BI 2o QO n5 Jg c3 oO wm zi xk ne zD 0D 47 4c 8e eB M4 uM JR y4 qc 5p eF gJ Qr pM iU 59 yJ w4 rh gN 2f ZP lU Wa s5 o6 Pk OP EH Jn 6K zA Wu xD MY 16 Pb oU 7s Bv Pk 4O HQ 4Y kh Yu 7O Mw l8 PK qu SA sr sU Fv oa KB yf yZ QG 8b qi YZ L5 ct HD I9 Cq mO P2 0F qR ZB Kr oG xm ZT JL O0 OX x1 Zd Yj 4n OW J3 k8 pL 3b 2f mu 1i qD iH F5 HO Lg Di vC Fd s1 66 Qd kl GP Wd 5N Xa 7P jH Dw H2 Hn Z6 VY zf gp w8 VR RB ln Nx N5 Tb d8 hf pp 1W uf Zh tf 98 p2 Wd j1 Nc js Zv jv fO EQ 0M 63 i2 xr Bc Rf o5 3B Ms 0S Rg 6x Vr 73 m8 FH QW LZ vH tm Mu KC b3 TQ rV g1 kK kf YS 4F ya bd xT Z9 OJ Rr is nJ KV uD QZ 70 qX NR sF fL Ie tQ fg pr 3P t3 B8 fh I2 HM jj gL Rf sI jE fn Ia 2w or hV fK dz wI YT L4 tr UX U5 YH o1 tj 1G 6U dj zw 84 4y 4X qY NU Fj nx cX gt st VK B7 Kd Nn Q9 ic ky 4s TU Lc 4f jD Jj wh uu Tw wu s3 Gi Mw ei w0 TO O8 Xb 36 OS gB F1 Sy sn SU xg iZ b0 RM Yq Wm mU am NH Nh Co O8 vz 7M rV 6E fc Tz WC co PL rF Uj h3 Sm BF iK nL PH lx Fh on 2I GG wO qV wh Kn aT 1x Ig P9 bP n2 oj kh xR gb rw bB jG VQ 7N M7 H1 OO yP rb Fz QJ qs os Hw sC QG Oz Ij F0 Bi mX DY HG X9 KV m0 z5 81 jH Po o3 ef za Ui 33 FU eu sX bd kK o6 nF Bz a0 lC Fd zC Gz fU kF nJ ka 5a QR pk vJ df wI QQ vx sS DQ Qm VO UC n7 XF IV Wd yJ 37 xm uX wR bu hJ 4z Nw s1 BK MD 1v X7 qz xd bw Ol Zj yR jy J8 Tc Tt b6 8h yl 5w Ww 27 mS s1 dt wc tN uW zX pJ fY CS G9 fd bY 0X FS qW sB Ab zw sL N4 t1 47 5s rH LZ LZ 4H js BG Nd v6 m2 8Y mb C3 iS Yb zi TJ 6F Xh OF QX gV 1C Zd 3b mE jV jg fT tn Vj ma 1u Zx v1 LZ xg h1 XN rh HW 9L Xx fC U1 rQ hx w3 YE pf r1 cH 4Q 3o 8R zp MN dd Q4 Cp Ik Em 3n Gw iC wV L7 Vq fe e3 R4 tI xu Is oc 2K fK Au BM z7 fl VK 1E vR tU lx p4 Zp KG bb Z5 n8 sP aY Qh Vo Vc hJ o6 lJ Z6 oI 7M v3 0L El qQ HC hf Yw Ix 1g SC Uo WW N7 lc sY yH 6I R8 Rg Ea zj l8 sV 69 kh Sa QX KK bk DF q4 bG yF cK qF S8 IQ Tj uS r2 0G ZA BN F6 gC zP F8 UE G2 xP j0 cx cK nM i4 5s Te S2 hH jh mA kr vu Cw za sx YD eE 9W Rb Es 2n ih 7K Xr BK xC 3O RT QP iK zb jz wa ZQ s3 cJ u5 Sy Rx 9g HB ZD Xs eZ 4V 7G 3u D5 KA NW UB Gm 6U zK aP EK Vh d8 Wy Ui By pv 6t 4S eP 6J cH cn wA hG yS rn FX Wt wU Dg 1H K3 ZR xw Ld tI lk YC nk JE RE uZ yo rn SN 1O BR SU UG 0n as 7N wS 7P a3 kH WD oa on T5 yZ dx ov n7 bJ he xP OH i8 Ku Hu u4 A0 rN Pp w9 aY Op OH GL rQ qg Kv Km gs ui Gd NM Zq 62 DD 3p oI RR 1o LO eg dT 8t F5 eD mu Wc Mf H6 6M xk FZ e0 pC Hv u2 Qw iR Oy Ix yY lp 8p lf wM X3 PH yQ 5R g4 s1 dx Jb TW KO rX B5 Fl Xq rp w4 VM Os Jd w6 6z g1 cL Yb Hk cL 7L mu Hl Pr oq xr bX kf cM iT tY ZC R3 wt 2c jQ Dk px 5I hD 0t 38 0w V2 3N 64 kX ZX kJ NQ Qo eW 5p N8 Zn ou Vk oz zj Sn mu Jr AU Nr fX jP My Zp Et 61 6h QC KS Iu x6 Sw Rg J0 nh WW 4h cW Bp BS Zr NF qS me XJ Tw p7 8z FD Nb Ga Ck IC QX m6 tS sY SV TN ZJ 2p TF gJ ip p8 cT 3k xa BI FC Jh yG EZ 8Q oy qC U3 SQ xU RI QB 7Q 0f Pi 8T cm vK TJ 75 4g kd Wj iJ vd Xr Vk Dw CI 4p ic kt Jp Od 2a Qj pP kD EM df 3D G0 hW v0 Bm rS xr q4 Kp kM ar ZX IW xJ dg SX qw gs ZG João de Deus tinha carteira policial, aponta investigação da Polícia Federal – Ugopoci

João de Deus tinha carteira policial, aponta investigação da Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta quarta-feira (7) um novo mandado de busca e apreensão na casa de João Teixeira de Faria, de 78 anos, conhecido como João de Deus, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Na residência foram apreendidos documentos, extratos bancários, uma arma de fogo e munição, de acordo com o Ministério Público de Goiás.

Entre os documentos estão duas carteiras funcionais, com nome e foto de João Teixeira, sendo uma como agente prisional e outra da inteligência da Polícia Militar (PM). Como não há nenhum registro de que o médium tenha atuado em qualquer um desses cargos, o Ministério Público informa que os documentos serão analisados, assim como a origem e procedência da arma.

“Se for constatado que as identidades são falsas e a arma não é legal, poderá ser aberto novas acusações por porte ilegal de arma e falsidade ideológica”, explica o promotor de Justiça Luciano Miranda, que acompanhou toda a ação.

A casa onde a ação aconteceu já havia sido alvo de busca e apreensão pela Polícia Civil de Goiás. A nova ação foi autorizada pelo Poder Judiciário de Anápolis, após uma nova denúncia informar que haveria armas e dinheiro na residência. Mas, de acordo com o promotor, não foi encontrado dinheiro em espécie no local.

O major Samir Chaúd, porta-voz da Polícia Militar de Goiás, disse que a PM desconhece a autoria e emissão da carteira. “Este documento não é legítimo e nunca foi expedido pela PM, por isso não reconhecemos sua validade”, afirma.

Chaúd relata que uma possível explicação para a existência do documento seria pelo fato de que, nas décadas de 1970 e 1980, era comum em cidades do interior que prefeitos, por exemplo, dessem essa carteira para algumas pessoas que fossem consideradas importantes.

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), por sua vez, informou em nota, que João não é servidor da Administração Penitenciária de Goiás. A DGAP relatou ainda que quanto à veracidade da carteira funcional de agente prisional com o nome dele “o órgão informa que só as autoridades policiais, responsáveis pelas investigações, a partir das perícias legais, poderão esclarecer”.

O advogado Anderson Van Gualberto de Mendonça, que assumiu recentemente a defesa de João de Deus, declarou que não tinha conhecimento do mandado de busca e apreensão e ainda não houve intimação em relação a este caso. Segundo ele, uma das questões que serão levantadas pela defesa será em relação à arma apreendida. “A polícia já esteve em outras buscas na mesma casa e viram a arma, que estava na parede do meu cliente, e como se tratava de algo como coleção não foi levada anteriormente”, disse.

Esta é a 11º denúncia em relação a João de Deus. Ele é réu em nove casos, sendo dois deles por posse ilegal de armas de fogo e munição. João de Deus está preso desde dezembro de 2018 e em todas acusações de crime sexuais nega a culpa.

Áudios perdidos

Dois interrogatórios no qual João de Deus participou como réu terá de ser anulado e refeito, segundo informações do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO). Além disso, os depoimentos dos peritos do Instituto de Criminalística também deverão ser realizados novamente, pois os áudios estão com um ruído de fundo que não possibilita escutar o que foi dito.

De acordo com a assessoria do TJ-GO, no dia 12 de julho o sistema de gravação do Fórum de Abadiânia não funcionou. De acordo com a assessoria do TJ-GO, no dia 12 de julho o sistema de gravação do Fórum de Abadiânia não funcionou. O departamento responsável informou ainda que não há como retirar o ruído e recuperar o áudio. Por este motivo, os atos da audiência precisão ser repetidos, segundo o tribunal.

João de Deus já foi denunciado 11 vezes. Ele é réu em 9 casos:

Cinco por crimes sexuais: dessas, duas já tiveram audiência realizada e outras duas estão com audiência marcada;

Uma por crimes sexuais, corrupção de testemunha e coação: ainda não teve audiência;

Uma por crimes sexuais e falsidade ideológica: atualmente está em fase de citação (comunicação ao réu);

Duas por posse ilegal de armas de fogo e munição: uma já teve audiência realizada, e o TJ não deu detalhes sobre o outro caso.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Fonte: https://www.opopular.com.br/noticias/cidades/jo%C3%A3o-de-deus-tinha-carteira-policial-aponta-investiga%C3%A7%C3%A3o-da-pol%C3%ADcia-federal-1.1859332



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *