Leonor Pereira da Silva

Profissão: Escrivão de Polícia do Estado de Goiás

O FATO

O escrivão de polícia Leonor Pereira da Silva morreu no dia 04 de maio de 2006 vítima de assaltantes. O policial foi baleado na cabeça durante assalto à sua mercearia, localizada no Setor Mansões Paraíso, em Aparecida de Goiânia. O assalto ocorreu pouco depois das 20 horas. A mulher do escrivão, Antônia Maria Pereira da Silva, conversava com uma vizinha e se preparava para fechar a mercearia, quando dois rapazes entraram e anunciaram o assalto. Os acusados preparavam-se para fugir, quando Leonor Pereira entrou por uma porta lateral. De acordo com informações prestadas pela esposa do policial civil, um dos ladrões segurou o escrivão e o outro atirou a menos de dois metros de distância. A bala atingiu a testa da vítima, que caiu agonizando no chão, vindo a falecer no Hospital de Urgências de Goiânia. Após o crime, a polícia civil de Goiás agiu rápido e prendeu os acusados do crime. Estão todos à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *