Polícia Civil de Goiás forma a terceira turma de pilotos de RPAs (Drones)

Foi encerrado nesta última sexta-feira, dia 29 de novembro de 2011, a terceira turma de pilotos de RPAs (Drones) pela Escola Superior da Polícia Civil de Goiás (ESPC), Turma Charlie, ministrado pelos Instrutores do Esquadrão de Drones da Polícia Civil de Goiás, em parceria com a Receita Federal do Brasil (RFB).

O curso foi realizado entre os dias 25 e 29 de novembro de 2019, contanto com a participação de servidores da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, do Exército Brasileiro, da Polícia Militar de Goiás, da Agência Prisional e também de Policiais Civis goianos.

O curso ministrado durante toda a última semana de novembro, com 50 horas aulas, contou com aulas sobre legislação, primeiros socorros, funcionalidades dos drones, comando do rádio controle, sistema GNSS, noções de teoria de voo, segurança de voo, baterias, meteorologia, planejamento de voo, tecnologias, noções de fotografia e edição de imagens, além de aulas práticas em simuladores de voo e prática de pilotagem.

Um dos objetivos principais do curso foi apresentar ao aluno o uso do drone como ferramenta importante nas investigações policiais e de disseminar a cultura no uso de aeronaves remotamente pilotadas (RPAs) entre as forças de segurança.

O Esquadrão de Drones da PC foi criado através da portaria 1.278/18 – DGPC, pela necessidade de se regulamentar as aeronaves (drones) no âmbito da polícia civil. Após várias reuniões, iniciadas em agosto de 2018, foi criado um grupo de estudo com a finalidade de conhecer as nuances legais e operacionais no uso de RPA país. Como resultado deste trabalho foi elaborado a Instrução Normativa 01/18 que regulamenta o uso de RPAs na Polícia Civil, o Procedimento Operacional Padrão (POP) e planilhas de chek list (Pré e pós voo).

Confira as fotos acessando o link:

https://www.flickr.com/photos/142704424@N06/albums/72157712030804858



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *