Policiais federais e civis se mobilizam contra a reforma da Previdência

Policiais Federais e Civis articulam uma grande mobilização nacional contra a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro, que está prevista para chegar a Brasília no dia 21. As informações são de Rubens Valente, na Folha de S.Paulo.

Eles também criticam o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) que, segundo eles, não está defendendo com ênfase o pleito das categorias junto às autoridades do governo na área econômica.

No dia 13, algumas das categorias preveem ações ainda não definidas nos estados e, no dia 21, esperam reunir cerca de 5 mil profissionais de segurança na capital federal.

“Essa reforma vai levar a um colapso na segurança pública nacional caso não haja uma consideração, um tratamento igualitário entre as diversas categorias de segurança pública com os policiais militares em relação a algumas regras. Primeiro, é fundamental que sejam reconhecidos os fatos intrínsecos de risco e que nenhuma categoria possui: insalubridade, penosidade e risco de vida. O policial tem o deve legal de enfrentar o perigo”, disse o presidente do Sindepes (Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Espírito Santo), Rodolfo Laterza, que integra a UPB.

Fonte/foto: https://www.revistaforum.com.br/policiais-federais-e-civis-se-mobilizam-contra-a-reforma-da-previdencia-vai-levar-a-um-colapso-na-seguranca/



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *