Preso pela PCGO homem suspeito de matar morador de rua em praça de Anápolis

Vítima do homicídio Márcio Belmiro da Silva, vulgo Simpson.

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, prendeu preventivamente, na manhã desta terça-feira (06), um homem de 43 anos, que vive em situação de rua. O indivíduo é apontado como um dos autores do homicídio praticado em desfavor do também morador de rua Márcio Belmiro da Silva, vulgo Simpson, 38 anos, ocorrido na noite de 28 de maio de 2020, na Rua 14 de Julho, no Centro de Anápolis.

As investigações apontam que Márcio se envolveu numa confusão com um colega do suspeito na praça Bom Jesus, local onde muitos andarilhos e usuários de drogas passam a noite. Após quebrar uma garrafa de pinga na cabeça de tal indivíduo, Márcio foi perseguido e morto a golpes de arma branca no tórax, sendo a perseguição flagrada por imagens de câmeras de vigilância de estabelecimentos comerciais das proximidades. “Logo no dia em que ocorreu o crime, fomos até a praça onde os andarilhos ficam concentrados, fotografamos todos eles e, com imagens de câmeras de segurança, foi possível identificar cada um dos suspeitos e representar pelas prisões”, declara o delegado Wllisses Valentim, titular do GIH de Anápolis.

As imagens mostram o autor e mais dois comparsas perseguindo Márcio. Já esfaqueado, ele cai no solo ao adentrar na Rua 14 de Julho. Os outros dois comparsas do investigado já foram identificados e capturados, um na cidade de Anápolis e outro em Porangatu. O suspeito agora preso já ostenta anotações criminais por furto e se encontra recolhido no Presídio local, à disposição da Justiça.

Fonte/foto: PCGO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *