RESULTADO DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA/EXECUÇÃO DA AÇÃO DA URV

A Diretoria da UGOPOCI (União Goiana dos Policiais Civis) informa a seus Associados que, em ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, em caráter de urgência, realizada na sede da entidade, na tarde desta segunda-feira, dia 06 de janeiro de 2020, na Rua 66 nº 138 – Setor Central – Goiânia, com presença maciça de associados, foram aprovados, POR UNANIMIDADE, os pontos da pauta que constavam no Edital. A  assembleia foi conduzida pelo presidente José Virgilio Dias de Sousa, com a participação dos Membros da Diretoria Executiva, além dos advogados do escritório Celestino, Borges & Urani Advogados.

Diretoria da UGOPOCI com a Banca de Advogados na Assembleia

Desta forma, todos os presentes, APROVARAM por unanimidade a autorização para a UGOPOCI e o escritório  Celestino, Borges & Urani Advogados, responsável pela propositura com êxito e execução da ação da URV – processo nº 5275788.73.2017.8.09.0051, negociarem com o Estado de Goiás a possibilidade de recebimento fracionado dos valores, em 120 parcelas, e incorporação, após o primeiro ano de homologação do acordo, do percentual de 11,98%.

Os associados presentes também aprovaram, por unanimidade, a aceitação dos termos da negociação com o Estado para recebimento dos valores relativos à ação da URV, conforme já mencionados.

Além disso, todos aceitaram, também em votação unânime, que o efeito das decisões da assembleia, conforme Artigo 43 do estatuto, obriga a todos os associados, presentes ou não, a obedecer o que foi deliberado

Excelente trabalho realizado pelos dos diretores Jurídicos Eldo e Raquel Rodovalho (na foto, entre a vice Nelma Félix).

Foi votado e aprovado pelos associados, também de forma unânime, o percentual de 20% a título de pagamento de honorários ao escritório Celestino, Borges & Urani Advogados, exclusivamente sobre o montante da indenização individual referente ao retroativo, sendo que o desconto será feito diretamente na folha salarial de cada associado na medida em que cada parcela  for efetivada. Não haverá incidência de honorários aos valores a serem incorporados no futuro (11,98%).

Durante a assembleia, foi cientificado aos associados que caso seja efetivado acordo entre a entidade, escritório e Estado de Goiás, o mesmo será minutado, assinado pelas partes e requerida a homologação junto ao juízo da causa, vinculando a todos nos termos do acordo, ponto este que também obteve aprovação por unanimidade dos associados presentes.

A referida sentença judicial referente à URV reconheceu o direito apenas aos associados da UGOPOCI que já estavam na carreira em maio 1994, durante a edição do Plano Real. Maiores informações, na sede da Entidade. 

Confira algumas fotos da assembleia  (Assessoria de Comunicação da UGOPOCI)

Diretoria executiva e jurídica da UGOPOCI junto com a Banca de Advogados na ação da URV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *